Presos mais três suspeitos de integrar quadrilha que invadiu transportadora e roubou caminhonetes em Gravataí

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (28), mais três suspeitos de integrar a quadrilha que invadiu uma transportadora em Gravataí, em maio, para roubar 15 caminhonetes. Segundo a investigação, o mesmo grupo havia roubado três veículos de outro estabelecimento, em Guaíba, dias antes do assalto.

Após investigação da 1ª Delegacia de Gravataí, cerca de 40 agentes cumpriram seis mandados de busca e apreensão e mais seis de prisão preventiva em Esteio, Sapucaia do Sul e São Leopoldo. Os nomes dos investigados não foram divulgados.

Três suspeitos já haviam sido detidos após o assalto, totalizando seis prisões. Segundo o responsável pelo caso, delegado Márcio Zachello, outros três estão foragidos e seis ainda não foram identificados.

Conforme a investigação, a quadrilha furtou três caminhonetes Toyota Hilux de um depósito em Guaíba, no dia 11 de maio. Cerca de duas semanas depois, em 26 de maio, o mesmo grupo esteve na transportadora Brazul, na Estrada do Gravatá, em Gravataí, para realizar o novo ataque, mas não conseguiu. Zachello diz que os ladrões perceberam a presença de um vigilante armado e resolveram abortar a ação.

Os 15 criminosos armados invadiram o local na madrugada do dia 28, por volta de 2h30min, e renderam funcionários e vigilante. Cada um levou uma caminhonete Toyota Hilux — 10 no total — e Toyota SW4 — cinco ao todo. Todas zero-quilômetro, já que a empresa traz os veículos do Centro do país para concessionárias da Região Metropolitana de Porto Alegre.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Post Author: rita