Operação combate crimes de violência praticados contra idosos em todo o País

Policiais civis de todas as unidades da Federação prenderam, até a manhã desta sexta-feira (4) quatro pessoas, em meio à apuração de 1.656 denúncias no âmbito da Operação Vetus. Coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, essa operação visa combater crimes de violência praticados contra idosos.

Segundo o ministério, desde o início da operação, 16 inquéritos foram instaurados, 13 mandados foram cumpridos e 335 visitas e diligências foram feitas. A operação conta com a participação de quase 8 mil agentes.

Até o último balanço divulgado pela pasta, 203 vítimas já foram atendidas e 13 medidas protetivas foram cumpridas.

A operação foi motivada após a constatação de que, em meio ao isolamento social decorrente da pandemia, aumentou o número de denúncias de abuso contra idosos, por meio do Disque 100.

“A ação integrada teve início no dia 1º de outubro – Dia Internacional do Idoso – quando foram iniciados os trabalhos de investigação e de apuração de denúncias”, informou a Polícia Federal. Desde então, 10.802 denúncias foram apuradas, 3.088 inquéritos instaurados; e 147 mandados foram cumpridos.

A PF já contabilizou, desde outubro, a prisão de 449 pessoas, o atendimento a 11.755 vítimas e o cumprimento de 765 medidas protetivas.

No Rio Grande do Sul a Polícia Civil, que também participa da ação, já apurou 501 denúncias, que culminaram com a instauração de 508 procedimentos investigativos, com atendimento de 424 pessoas idosas vítimas de violência e a prisão de nove agressores em todo o Estado.

Nesta sexta foram cumpridas 115 diligências, entre medidas cautelares, medidas protetivas e mandados, em 11 municípios gaúchos – Porto Alegre, Tapes, Barra do Ribeiro, Camaquã, Canoas, Viamão, Alvorada, Gravataí, Soledade, Santo Ângelo e Giruá.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Post Author: rita