Desarticulada rede de traficantes que movimentava mais de 100kg de drogas e mais de 7,4 mil contatos em Porto Alegre

Uma operação de combate ao tráfico de drogas realizada nesta sexta-feira (4) pela Polícia Civil em Porto Alegre ajudou a desarticular uma organização criminosa que usava plataformas de aplicativos de transporte como fachada para atuar na modalidade de tele-entrega. Mais de 7,4 mil pessoas estavam cadastradas. O grupo vendia cerca de 4,6 kg de drogas por dia, totalizando mais de 100 kg de drogas por mês. Dezesseis pessoas foram presas.

Operação Hora Marcada

A Operação Hora Marcada recebeu este nome devido à forma de atuação da organização criminosa, que divulgava a venda dos entorpecentes solicitando que os consumidores marcassem hora para que a entrega da droga fosse realizada.

Na ação, foram cumpridos 30 mandados de busca e apreensão, 13 mandados prisões temporárias, sete mandados de apreensão de veículos, além de ação controlada.

Com a ação desta sexta, 16 pessoas foram presas. Foram apreendidos mais de 25 kg de drogas, além de ecstasy, munições, duas armas, balanças de precisão, anotações e dois veículos.

Foram oito meses de investigação, que tiveram início em fevereiro. Na ocasião foram presos cinco indivíduos em flagrante, com 11 kg de drogas prontos para venda, prensa térmica, envelopes, anotações, celulares, dinheiro, dois veículos utilizados para telentrega de drogas.

Foram analisados 83.749 áudios de conversas contidos em 441 conversas na plataforma Whatsapp, além de 27.761 imagens de arquivos, mais de 600 vídeos, sendo identificados 7.457 contatos de consumidores de drogas, clientes da organização criminosa.

Segundo a polícia, o líder da organização já havia sido preso em fevereiro deste ano. E, mesmo preso, se mantinha no comando e atuando de dentro do Presídio Central, com a ajuda de sua companheira que estava em liberdade.

A investigação foi realizada pelos policiais da 19ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, sob a coordenação do delegado Daniel Ordahi.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Post Author: rita