Deborah Secco diz ter realizado sonho ao gravar cena de furacão em “Salve-se Quem Puder”

As primeiras cenas da próxima novela das sete, “Salve-se Quem Puder” (TV Globo), retratam a chegada de um furacão no México. As protagonistas Alexia (Deborah Secco), Luna (Juliana Paiva) e Kyra (Vitória Strada) serão as principais vítimas da tragédia.

Para trazer realidade à tela, as cenas do desastre foram feitas em um parque aquático do Rio de Janeiro. “Gravamos na piscina de ondas que foi toda cercada por chroma-key azul [tela monocromática para aplicar efeitos especiais].Foram feitas sequências de ação com efeitos de chuva, vento, relâmpagos. Todos estavam protegidos com roupas apropriadas de neoprene e de mergulho”, afirma o diretor Fred Mayrink.

Equipe de produção e elenco tiveram de aguentar muitos dias debaixo da água. Só na piscina foram seis noites, além das cenas de chuva. “Antes da chegada do furacão, vem as tempestades. O risco dessas meninas pegarem uma gripe e atrasarem as gravações era alto”, diz o autor da novela, Daniel Ortiz, aos risos.

No início da trama, as brasileiras Alexia e Kyra e a mexicana Luna estão em Cancún e testemunham o assassinato do juiz Vitorio (Airton Graça), que investigava uma quadrilha internacional altamente perigosa, chefiada por Dominique (Guilhermina Guinle). Após o furação, as três são dadas como mortas, mudam visual e nomes e são obrigadas a viver em uma cidadezinha no interior de São Paulo, a fictícia Judas do Norte.

“Foram 17 dias molhados”, afirma Deborah Secco. “Confesso que no primeiro dia na piscina, eu voltei para casa chorando de emoção. Realizei meu sonho de infância, parecia que estava em Hollywood, com cenas com carros girando”, diverte-se a atriz.

Ortiz diz que sempre quis incluir um furacão em suas histórias. “Vivi um período da vida no México, e peguei alguns dos piores furações da história. Foi Maria, Rita, Wilma, Katrina e muitos deles destruíram cidades inteiras. Como não tem furacão aqui, fiz esse nó com o México. E aí, o Fred teve que se virar.”

Secco afirma que Ortiz foi realmente ingênuo ao escrever o texto. “Ele apareceu no set para nos visitar e soltou a frase: nossa, não imaginei que isso dava tanto trabalho”, diz a atriz, aos risos.

A trama

Com estreia prevista para 27 de janeiro, a trama de “Salve-se Quem Puder” vai narrar as histórias das brasileiras Alexia e Kyra e da mexicana Luna. Elas não são exatamente amigas, mas se encontram México e suas vidas se entrelaçam após presenciarem um crime.

Atores e equipe passaram 17 dias debaixo da água para dar mais realismo (Foto: Divulgação)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Post Author: rita